TREZE 2X4 BOTAFOGO - 18/02/2018 - IMAGEM: EI

TREZE 2X4 BOTAFOGO - 18/02/2018 - IMAGEM: EI

BOTAFOGO 1X0 ALTOS-PI - 15/02/2018 - FOTO: FÁBIO FERNANDES

BOTAFOGO 1X0 ALTOS-PI - 15/02/2018 - FOTO: FÁBIO FERNANDES

BOTAFOGO 2X1 NÁUTICO - 08/02/2018 - FOTO: PEDRO JÚNIOR

BOTAFOGO 2X1 NÁUTICO - 08/02/2018 - FOTO: PEDRO JÚNIOR

COPA DO BRASIL - FLORESTA 0X2 BOTAFOGO - 31/01/2018 - Foto: Mateus Dantas/O POVO

FLORESTA-CE 0X2 BOTAFOGO-PB - 31/01/2018 - Foto: Mateus Dantas/O POVO

BOTAFOGO 1X1 TREZE - 21/01/2018 - FOTOS: FÁBIO FERNANDES

BOTAFOGO 1X1 TREZE - 21/01/2018 - FOTOS: FÁBIO FERNANDES

BOTAFOGO 1X1 TREZE - 21/01/2018 - FOTOS: FÁBIO FERNANDES

BOTAFOGO 1X1 TREZE - 21/01/2018 - FOTOS: FÁBIO FERNANDES

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Campeonato Paraibano – Botafogo mantém invencibilidade sobre o Treze e goleia o Galo em pleno Estádio Amigão


Treze 2x4 Botafogo (Imagem: Reprodução E.I.) 
O Clássico Tradição entre Botafogo e Treze, realizado na noite desse domingo (18), no Estádio Amigão, em Campina Grande, foi bastante movimentado e serviu para comprovar a boa fase do Belo, que está invicto no Certame Estadual, manteve a invencibilidade sobre o rival que permanece desde 2015 e ainda goleou o time galista.

Na verdade, o time do Botafogo sobrou em campo do início ao fim do jogo, e o resultado de 4 a 2 poderia ter sido bem mais elástico, se não fossem as várias oportunidades claras de gols desperdiçados pelo time do Botafogo no decorrer do jogo.

Logo nos primeiros minutos de bola rolando o Botafogo já mostrou a que veio, aos 3`, o atacante Nando tentou duas vezes, na primeira, o goleiro Copetti defendeu, no rebote, Nando chutou novamente, a pelota quicou e cobriu a meta de Copetti, perdendo-se pela linha de fundo.

No minuto seguinte, o meia Marcos Aurélio chutou da intermediária, a bola tinha endereço certo, no canto inferior esquerdo, mas Copetti se esticou todo e conseguiu coloca-la para escanteio.

O Belo era só pressão, até que aos 10`, o lateral Felipe Cordeiro levantou a bola na área do Galo, a zaga falhou na marcação e Dico aproveitou para cabecear em gol, indefensável, GOOOOOOOOL DO BELO. Treze 0x1 Botafogo.

Depois do gol sofrido o time do Treze resolveu sair para o jogo, aos 31`, Marcelinho cobrou uma falta da intermediária, o chute forte obrigou o goleiro Remerson a realizar uma defesa parcial, no rebote, a zaga afastou o perigo.

Aproveitando o bom momento no jogo, aos 32`, Reinaldo Alagoano recebeu um bom passe de Marcelinho, em profundidade, invadiu a área pela direita e meteu voltando, rasteira, então o Fábio Neves, livre de marcação, completou para o gol, a pelota foi interceptada por Felipe Cordeiro em cima da linha de gol, contudo, o árbitro central, Sr. João Bosco Sátiro, confirmou que a bola havia ultrapassado totalmente a linha de gol e apontou para o meio do campo. Treze 1x1 Botafogo.

Daí pra frente a partida caminhou sem grandes emoções até o término da primeira etapa.

No primeiro minuto do segundo tempo, o zagueiro galista, Leonardo Luiz, recebeu o segundo cartão amarelo no jogo e foi expulso.

Com menos um em campo, as coisas ficaram bem mais difíceis para o time do Treze, que a fim de recuperar a formação do seu sistema defensivo, obrigou o treinador Oliveira Canindé a tirar o meia Fábio Neves de campo para a entrada do zagueiro Júlio Machado.

O time do Botafogo já vinha apresentando um volume de jogo superior ao do Treze, depois da expulsão do Leonardo Luiz, isso foi intensificado e o time galista ficou sufocado pelo time do Botafogo, sendo assim, aos 7`, depois de fazer bela jogada pela esquerda, Dico cruzou na área para Nando, que cabeceou certeiro, mas o goleiro Copetti conseguiu tirar com a perna direita e colocar a pelota para escanteio.

Não demorou muito e a cidadela do Treze caiu, aos 11`, Dico recebeu um cruzamento da direita e cabeceou para o meio da área para encontrar o atacante Nando, que só teve o trabalho de completar para o fundo da meta do goleiro Copetti, GOOOOOOOOOL DO BELO. Treze 1x2 Botafogo.

Após o Gol, na comemoração, o atacante Nando provocou a torcida galista ao fazer gestos de choro e de uma galinha batendo asas, por causa disso o atleta recebeu um cartão amarelo do árbitro central.

O time do Botafogo continuou dando as cartas no jogo, aos 21`, o meia Marco Aurélio arriscou de fora da área, a bola foi com bastante efeito e passou raspando o ângulo superior esquerdo da meta de Copetti.

O Belo ampliou o marcador aos 25`, após uma bela jogada individual do meia Marcos Aurélio, que invadiu a área e chutou forte, obrigando Copetti a fazer uma grande defesa, no rebote, Dico chutou a bola no travessão, na volta, a pelota pegou no goleiro Copetti e ultrapassou totalmente a linha de gol, GOOOOOOOOOL DO BELO, mais um do atacante Dico no jogo. Treze 1x3 Botafogo.

Com um placar que lhe era bastante favorável, o time do Botafogo relaxou em campo, e aos 36` permitiu que o time do Treze diminuísse o placar, quando o Dedé tomou a bola de Nando e cruzou voltando para o meio da área do Botafogo, o zagueiro Lula tentou cortar mas acabou atentando contra o seu patrimônio, gol contra, que inexplicavelmente o juizão resolveu assinalar para o jogador Dedé. Treze 2x3 Botafogo.

Depois do cochilo, o time do Botafogo retomou as rédeas do jogo e voltou a pressionar o time do Treze, aos 42`, o meia Marcos Aurélio arrancou com a pelota pela meia cancha, lado esquerdo, invadiu a área adversária, e na saída do goleiro tocou por cobertura, fazendo um verdadeiro GOOOOOOOOOOOLAÇO, incrível a plástica desse GOL de rara beleza. Treze 2x4 Botafogo.

Consolidada a goleada, os donos do jogo administraram o resultado até o Sr. João Bosco Sátiro trilar o apito final.

Com esse resultado, o time do Botafogo permanece firme em busca da classificação para a próxima fase do Campeonato Paraibano, no qual terá como próximo adversário a Desportiva Guarabira, neste domingo (25), às 16h00, no Estádio Almeidão, em João Pessoa, antes disso, no meio da semana, nesta quarta-feira (21), às 21h45, no mesmo local, o Botafogo estará recebendo o Atlético Mineiro, em jogo válido pela segunda fase da Copa do Brasil.

MELHORES MOMENTOS - TV ESPORTE INTERATIVO (EI) - YOUTUBE



Por Fábio Fernandes

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Copa do Nordeste – Botafogo-PB vence o Altos-PI e se mantém com 100% de aproveitamento na competição regional


Botafogo-PB 1x0 Altos-PI (Imagem: Fábio Fernandes)
Em noite de chuva no Estádio Almeidão, em João Pessoa, pela terceira vez consecutiva o Botafogo-PB consegue vencer na competição regional, desta feita a vitória foi sobre o Altos-PI, por 1 a 0, Golaço de Dico, aos 28’ do segundo tempo.

Depois de passar pelo Bahia (1 a 0), na Arena Fonte Nova, pelo Náutico (2 a 1), no Almeidão, o Belo também conseguiu vencer o Altos-PI (1 a 0), no Almeidão, e esse resultado garantiu os 100% de aproveitamento do Alvinegro da Estrela Vermelha nesta Edição da Copa Nordeste até o presente momento.

O time do Botafogo não começou bem a partida, já o time do Altos se apresentou com muita determinação, fechando os espaços para que os donos da casa tivessem dificuldades na criação das jogadas.

Dessa forma, um jogo bastante truncado se desenvolveu no primeiro tempo, com o time do Botafogo sem saber o que fazer com a bola quando tinha a sua posse, errando muitos passes e sem conseguir chegar com perigo à meta adversária. Por outro lado, o time do Altos tocava bem a bola, teve maior domínio do jogo, mas nenhuma competência para finalizar.

Mesmo com bastantes dificuldades no jogo, o Botafogo quase abriu o marcador no finalzinho do primeiro tempo, aos 46’, quando Allan Dias fez um cruzamento excepcional, ainda do seu campo de defesa, atravessando todo o sistema defensivo do Altos para encontrar o atacante Nando, que dominou a pelota de frente para a meta do goleiro Gideão, em condições de finalizar bem, mas demorou e foi atrapalhado pelo defensor que conseguiu chegar na jogada, então Nando chutou para fora. 

Sendo assim, sem conseguir agradar a nenhum torcedor presente ao Almeida Filho, o árbitro central, maranhense, Ranilton Oliveira de Sousa, trilou o apito, pondo fim ao pior primeiro tempo jogado pelo time do Botafogo nesta Copa do Nordeste até aqui. 

Durante o intervalo, o treinador do Botafogo, Leston Júnior, chamou o feito a ordem, remanejou o Carlos Renato, que estava atuando pela ponta esquerda para jogar pelo meio, e no lugar do volante Humberto, ele colocou o atacante Dico, que foi orientado a jogar pela ponta esquerda, onde o Carlos Renato não conseguiu fazer um bom papel na primeira etapa.

Com a formação do time reordenada e com muito mais disposição, o time do Botafogo voltou para o segundo tempo jogando aquele futebol que a Torcida gosta, indo pra cima, pressionando, marcando bem, sem deixar o outro time jogar e ameaçando o gol adversário o tempo todo.

Para se ter uma ideia de como o Botafogo voltou melhor no segundo tempo, com 8 minutos de bola rolando o goleiro do Altos já havia feito mais intervenções que durante o primeiro tempo inteiro. Aos 2’, Dico chutou forte e Gideão defendeu à queima-roupa; aos 7’, Felipe Cordeiro pegou da entrada da grande área, mas a zaga conseguiu cortar; aos 8’, o atacante Nando chutou e Gideão defendeu, no rebote, o meia Marcos Aurélio tentou finalizar, mas a zaga afastou o perigo. Ufa!

O time do Altos ficou atordoado com a pressão do Belo, e o gol amadurecia a cada momento, aos 12’, Marcos Aurélio chutou com estilo, e a zaga cortou de cabeça; aos 18’, primeiro o Botafogo chegou com Felipe Cordeiro, de fora da área, depois Nando tentou finalizar, mas a defesa do Altos se segurou mais uma vez.

Com o atacante Dico em noite inspirada, o Botafogo mandava no jogo, e aos 28’ o tão tentado gol surgiu de forma belíssima, Dico recebeu na ponta esquerda, puxou para o meio levando no drible dois adversários, invadiu a grande área e bateu cruzado, com perfeição, de modo que a pelota entrou no ângulo superior esquerdo do goleiro Gideão, que nada pôde fazer. GOOOOOOLAÇO!!!

Depois do gol sofrido, o time do Altos foi para o tudo ou nada, deixando o seu sistema defensivo vulnerável aos contra-ataques do Botafogo, mas o Belo não soube aproveitar, então, depois dos 40’, o Fiel Torcedor Botafoguense entrou naquele suspense, porque o Altos começou a pressionar. 

Finalzinho de jogo emocionante, aos 40’, falta perigosa para o Altos, da meia lua, frontal a meta de Edson, mas Dudu pegou muito embaixo da bola, que se perdeu pela linha de fundo.

Com 5’ de acréscimos, o Altos foi só pressão, aos 47’, Dudu acertou um chute certeiro, a bola desviou na zaga e foi para fora.

Aos 48’, Jean pegou um rebote da defensiva Botafoguense e finalizou em gol, mas o goleiro Edson estava atento e garantiu a vitória para o seu time. 

Final de jogo, Botafogo-PB 1x0 Altos-PI, com destaque para a boa arbitragem do maranhense, Sr. Ranilton Oliveira de Sousa, que apareceu pouco no jogo e procurou utilizar o mesmo critério de arbitragem para ambas as equipes.

Com esse resultado, o time do Botafogo deu um importante passo para se garantir na próxima fase da Copa do Nordeste, pois é líder isolado do Grupo C, com 9 Pontos, seguido pelo Bahia com 3 Pontos e pelo Náutico com 1 Ponto, sendo que essas equipes ainda irão se enfrentar nesta 3ª Rodada, no dia 22, na Arena Fonte Nova. Já o Altos permanece na lanterna do Grupo, com apenas 1 Ponto conquistado até aqui. 

Na 4ª Rodada da Copa do Nordeste os mandos de campo se invertem, o Náutico joga contra o Bahia, dia 10/03, em Recife, e o Altos recebe o Botafogo, em Teresina, dia 12/03.

Enquanto isso, o time do Botafogo volta as suas atenções para o Campeonato Paraibano, depois de empatar dentro de casa com a equipe do CSP (3 a 3), no domingo de carnaval, o time Estrelado da Maravilha do Contorno vai enfrentar o rival Treze, em Campina Grande, neste domingo (18), em mais um Clássico Tradição, que promete levar um bom público para o Estádio Amigão.

Na sequência, o Belo terá outro Galo pela frente, desta feita em jogo válido pela segunda fase da Copa do Brasil, no dia 21 de fevereiro, às 21h45, no Estádio Almeidão, onde estará recebendo a equipe do Atlético Mineiro.

Melhores Momentos (TV Esporte Interativo - YouTube)



Por Fábio Fernandes 

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Copa do Nordeste – Botafogo-PB despacha o Náutico-PE no Almeidão com direito a GOL Olímpico


(Imagem: Reprodução EI)
Esta Edição da Copa do Nordeste tem se mostrado diferente das anteriores para o time do Botafogo-PB, principalmente aos olhos do Fiel Torcedor Botafoguense, que acompanhou a estreia vitoriosa sobre o Bahia, em plena Arena Fonte Nova (1 a 0), e na noite dessa quinta-feira (8), no Estádio Almeidão, em João Pessoa, pôde ver o Belo despachar o Timbu pernambucano por 2 a 1, de virada, com direito a um belíssimo GOL Olímpico, assinalado pelo craque do time, Marcos Aurélio.

Depois de uma semana intensa de provocações nas redes sociais entre os torcedores de Botafogo e Náutico, chegou o momento de saber quem é o melhor, e no confronto válido pela 2ª Rodada da Copa do Nordeste deu Belo na cabeça.

Contudo, foi o Náutico quem abriu o marcador do Almeida Filho, aos 4 minutos do início do jogo, através do atacante Wallace Pernambucano, que aproveitou um cruzamento na área do Botafogo para cabecear, livre de marcação, no canto inferior direito do goleiro Edson. Botafogo 0x1 Náutico.

Após o gol sofrido, a grande Torcida do Botafogo que compareceu ao Almeidão fez a sua parte, incentivou mais ainda o time, que reagiu de forma bastante positiva, indo buscar o empate logo depois, aos 9`, através do zagueiro Gladstone, que desviou de cabeça um escanteio muitíssimo bem cobrado pelo meia Marcos Aurélio, encobrindo o goleiro Bruno, sacudindo as arquibancadas do "Mundão do Cristo". Botafogo 1x1 Náutico.

Aos 35’, o Náutico teve a chance de voltar à frente do placar, através de uma cobrança de falta do atacante Wallace Pernambucano, da intermediária, a pelota foi cheia de veneno, mas se chocou com a junção do travessão com o poste esquerdo do goleiro Edson. Essa foi por pouco...

Mas o time do Botafogo continuou jogando bem após o gol de empate, mesmo enfrentando uma arbitragem tendenciosa por parte do sergipano Diego da Silva, que inverteu faltas durante o jogo todo, amarelou quase o time inteiro do Botafogo, e no momento de usar os mesmos critérios contra o time pernambucano, negou-se a fazê-lo, com destaque para as vezes que ele se recusou a aplicar o segundo cartão amarelo para o jogador Negrete do Náutico, que fez por merecer sua expulsão em vários lances na partida, sem contar com as faltas sofridas pelo atacante Nando do Belo, a maioria nas proximidades da grande área do Náutico, nas quais o juizão ignorou todas, mandando o jogo seguir, muito provavelmente porque sabia que o Botafogo contava com um exímio cobrador de faltas daquela distância, o Marcos Aurélio.

Entretanto, se o juizão não permitiu que o Marcos Aurélio marcasse o seu de falta, o meia fez de escanteio, OLÍMPICO, LINDO, SENSACIONAL, MEMORÁVEL, INCRÍVEL... No finalzinho do primeiro tempo, aos 46’, Marcos Aurélio cobrou um escanteio pelo lado esquerdo do ataque do Belo, a pelota viajou pelo alto cheia de efeito, o goleiro Bruno cortou errado e o GOLAÇO aconteceu, premiando o FIEL TORCEDOR BOTAFOGUENSE, que mais uma vez sacudiu as arquibancadas do Almeida Filho. Botafogo 2x1 Náutico.

O segundo tempo teve início com o Belo em cima do Timbu, e logo aos 3 minutos de bola rolando, o goleiro Bruno do Náutico fez uma defesa fenomenal, ao desviar com as pontas dos dedos uma cobrança de falta do lateral Fábio Alves, o chute foi muito forte, da intermediária, a bola saiu no zigue-zague e tinha endereço certo, mas o Bruno conseguiu a proeza de desviá-la por sobre a sua meta. Quase...

O jogo seguiu truncado, com o time do Botafogo diminuindo os espaços do adversário, apertando na marcação, fatiando o jogo o tempo todo, com bastante obediência tática, a fim de segurar o resultado que lhe era favorável.

Aos 20’, por pouco o zagueiro Gladstone não fez o seu segundo no jogo, em um lance bem parecido com o primeiro Gol, o zagueirão desviou de cabeça mais um escanteio bem cobrado por Marcos Aurélio, mas desta vez a bola se perdeu pela linha de fundo. 

Sem conseguir chegar à área do Botafogo, o Náutico levou perigo à meta Botafoguense em duas cobranças de faltas da intermediária, a primeira cobrada pelo atacante Wallace Pernambucano, aos 37`, passou perto da meta, a outra aos 39`, por Cal Rodrigues, esta triscou no travessão e saiu.

 O último lance de perigo do jogo foi aos 42`, quando Netinho invadiu a área do Timbu e chutou forte, a pelota bateu no peito do goleiro Bruno, que salvou o Náutico mais uma vez.

Daí pra frente foi só emoção por parte do Fiel Torcedor Botafoguense, que começou a contar os segundos para o jogo terminar. O árbitro sergipano ainda deu 5 minutos de acréscimos, mas o valente e determinado time do Botafogo soube administrar o resultado. Final, Botafogo da Paraíba 2x1 Náutico de Pernambuco.

Melhores momentos:


Com este resultado, o Belo assumiu a liderança isolada do Grupo C da Copa do Nordeste. Confira (Imagem GE):

O próximo compromisso do Belo pela Copa do Nordeste está programado para o dia 15 de fevereiro, quinta-feira, às 19h00, horário local, no Estádio José Américo de Almeida Filho (O Almeidão), diante a equipe do Altos-PI; já o Náutico enfrenta o Bahia, na Arena Fonte Nova, no dia 22 de fevereiro, às 21h15, horário de Brasília, em jogos válidos pela 3ª Rodada da Copa do Nordeste.

Pelo Campeonato Paraibano, o time do Botafogo joga neste domingo de carnaval (11), às 16h00, no Estádio Almeidão, diante a equipe do CSP. Será um jogo importante para o Botafogo, que precisa vencer para continuar pontuando em busca da classificação para a próxima fase do certame estadual.


Por Fábio Fernandes

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Botafogo empata mais uma pelo Paraibano e é ultrapassado pelo Nacional de Patos na Tabela de Classificação


Botafogo-PB (Foto: GE/PB)
Disputando três competições simultaneamente, Campeonato Paraibano, Copa do Brasil e Copa do Nordeste, o time do Botafogo tem mesclado bastante a formação do time considerado titular com os demais atletas do Elenco, isso porque a sequência de jogos e viagens obriga o treinador Leston Júnior a mexer constantemente no seu time, de outra forma, teria sérios riscos de lesões e contusões dos atletas.

Contudo, essas alterações no time do Belo têm seu preço, e custou a queda de uma posição na Tabela de Classificação, após o empate nesse sábado (3), em Campina Grande, diante a equipe do Serrano (1 a 1). Com esse resultado o Belo chegou aos 12 Pontos, ficando atrás do Nacional de Patos com 13 Pontos e do Campinense, que lidera o Grupo A com 15 Pontos conquistados ao término da 6ª Rodada do Campeonato Paraibano.

A bem da verdade, quando o time vence seus jogos, não há tanto questionamento acerca de quem jogou e quem ficou de fora, mesmo porque até as falhas do time são ofuscadas pelo resultado positivo, mas, quando o resultado não é satisfatório, tudo o que vinha sendo encoberto aparece. 

O Botafogo não fez uma boa apresentação contra o Serrano, mas pelas chances desperdiçadas e belas defesas do goleiro Rhuan do Serrano, até que o Belo merecia mais sorte na partida. Confira os melhores momento do Botafogo no jogo:


A reapresentação do Botafogo está prevista para as 14h30 desta segunda-feira (5), no CT da Maravilha do Contorno, quando o treinador Leston Júnior dará início às preparações para dois jogos importantíssimos, contra o Náutico-PE, nesta quinta-feira (8), às 21h15, horário local, no Estádio José Américo de Almeida Filho (O Almeidão), em João Pessoa, jogo válido pela 2ª Rodada da Copa do Nordeste, e pelo Campeonato Paraibano, o Belo volta a jogar no sábado de Carnaval (10), às 16h00, contra o CSP, no Almeidão. O restante dos jogos desta 7ª Rodada do Paraibano terão os seguintes confrontos: Desportiva x Auto Esporte (Est. Sílvio Porto, Quinta 8, 20h30); Sousa x Serrano (Est. Marizão, Quinta 8, 20h30); Atlético x Campinense (Est. Perpetão, Quinta 8, 20h30) e Treze x Nacional (Est. Presidente Vargas, Sábado 10, 16h00).

Confira a Tabela de Classificação do Campeonato Paraibano atualizada após o término da 6ª Rodada (Imagens: GE/PB):




Por Fábio Fernandes

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Botafogo avança na Copa do Brasil e encerra o mês de janeiro com uma das melhores campanhas de todos os tempos do Clube


Copa do Brasil - Floresta-CE 0x2 Botafogo-PB
(Foto: Mateus Dantas/O POVO)
Bem difícil de dizer qual foi a última vez que o time do Botafogo-PB conseguiu vencer quatro partidas seguidas, jogando fora de casa, na disputa de três competições simultâneas, nas quais obteve os seguintes resultados: Campeonato Paraibano: Botafogo 2x1 Serrano (07/01); CSP 1x1 Botafogo (14/01); Botafogo 1x1 Treze (21/01); Desportiva Guarabira 1x4 Botafogo (24/01) e Atlético 0x2 Botafogo (28/01); Copa do Nordeste: Bahia-BA 0x1 Botafogo-PB (18/01) e Copa do Brasil: Floresta-CE 0x2 Botafogo-PB (31/01).

Pois é, neste mês de janeiro o Botafogo-PB jogou 7 (sete) partidas, uma verdadeira maratona de jogos, na qual venceu 5 e empatou 2.

Como todos sabem, início de temporada não é fácil para nenhuma equipe, principalmente para aquelas em formação, e no Botafogo-PB a história não é diferente não, pois o time tem encontrado muitas dificuldades no enquadramento técnico e tático do elenco. Contudo, os acertos têm superado os erros, e dessa forma o treinador Leston Júnior vem conduzindo o seu trabalho com sucesso, isso porque o Botafogo-PB não possui apenas um time, mas, um plantel que tem se revezado nessa sequência de jogos e viagens, na disputa de três competições ao mesmo tempo.  

No confronto decisivo dessa quarta-feira (31), no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza-CE, diante a equipe do Floresta, atual líder do Campeonato Cearense, valendo classificação na 1ª Fase da Copa do Brasil, o time do Botafogo-PB mais uma vez conseguiu o seu objetivo, e venceu os donos da casa pelo placar de 2 a 0.

O Belo abriu o marcador aos 5` do primeiro tempo, através de Carlos Renato, que acertou um belo chute na indecisão do sistema defensivo do Floresta. Já o segundo gol do Alvinegro da Estrela Vermelha saiu na etapa complementar, aos 21`, quando o Allan Dias aproveitou um cruzamento cinco estrelas do Dico e completou para o fundo da meta do goleiro Mauro do Floresta.


Agora o Botafogo-PB vai aguardar o adversário para a 2ª Fase da Copa do Brasil, que irá sair do confronto entre o Atlético do Acre e o Atlético Mineiro, a ser realizado do dia 7 de fevereiro, na Arena da Floresta, em Rio Branco-AC. Para este jogo, de acordo com o regulamento da competição nesta 1ª Fase, o time do Atlético-MG (melhor ranqueado na CBF) joga pela vitória ou empate, enquanto para o Atlético-AC apenas a vitória poderá lhe garantir na próxima fase da Copa do Brasil.

Independentemente de quem seja o adversário do Botafogo-PB na 2ª Fase da Copa do Brasil, o jogo será disputado no Estádio José Américo de Almeida Filho (O Almeidão), em partida única, e diferentemente do regulamento da 1ª Fase, em caso de empate, o jogo será definido através das cobranças de penalidades.

Dessa forma, o time do Botafogo-PB que já embolsou mais de meio milhão de reais ao passar da primeira fase da Copa do Brasil, terá a oportunidade de fazer um bom caixa com a renda do jogo pela segunda fase desta competição e, caso avance, o Belo terá mais dinheiro ainda à sua disposição.

Contudo, apesar da invencibilidade na atual temporada, o time do Botafogo-PB vem apresentando problemas pontuais no seu sistema defensivo, que obviamente já foram detectados pelo técnico Leston Júnior, sendo assim, espera-se que a diretoria do Botafogo possa contratar reforços para o Belo, antes que os adversários se recomponham e o time do Botafogo não consiga mais levar adiante esta sua trajetória de sucesso.

O próximo compromisso do Belo será pelo Campeonato Paraibano, que inicia os jogos de volta desta primeira fase, e está programado para este sábado (3), às 16h00, no Estádio Amigão, em Campina Grande, diante a equipe do Serrano. Confira os demais jogos da 6ª Rodada do Campeonato Paraibano: CSP x Sousa (Almeidão, 3, 16h); Auto Esporte x Treze (Carneirão, 3, 16h); Desportiva x Campinense (Sílvio Porto, 4, 16h) e Nacional x Atlético (José Cavalcanti, 4, 17h).


Por Fábio Fernandes 

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Botafogo vence o Atlético no Perpetão e encerra a fase dos jogos de ida como o único time invicto do Campeonato Paraibano


Mais uma vitória dos comandados do professor Leston Júnior, desta feita diante a equipe do Atlético de Cajazeiras, time difícil de ser batido quando joga no Estádio Perpétuo Corrêa Lima (O Perpetão). O Belo venceu o Trovão Azul nesse domingo (28), pelo placar de 2 a 0, dessa forma, encerrou a fase dos jogos de ida do Campeonato Paraibano como a única equipe invicta na competição, apresentando os seguintes resultados até então: Botafogo 2x1 Serrano; CSP 1x1 Botafogo; Botafogo 1x1 Treze; Desportiva Guarabira 1x4 Botafogo e Atlético 0x2 Botafogo.

O Botafogo abriu o marcador aos 13’ do primeiro tempo, através do atacante Pedro Castro, que aproveitou um cruzamento da esquerda de Dico, para escorar de cabeça para o fundo da meta do goleiro Jefesson; e chegou a ampliar aos 28’ da etapa complementar, quando Netinho acertou um belo chute, das imediações da meia lua, um verdadeiro golaço! Confira os gols:


Os demais jogos da 5ª Rodada do Paraibano tiveram os seguintes resultados: CSP 2x1 Auto Esporte; Treze 1x0 Campinense; Sousa 1x1 Desportiva e Nacional 2x0 Serrano. Confira a Tabela de Classificação atualizada (Imagens: GE/PB):



O próximo desafio do Botafogo pelo Campeonato Paraibano está programado para este sábado (3), às 16h00, no Estádio Amigão, em Campina Grande, diante a equipe do Serrano. Antes disso, o Belo joga contra o Floresta-CE, em jogo válido pela Copa do Brasil, nesta quarta-feira (31), às 21h30, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza-CE.


Por Fábio Fernandes

TIMEMANIA - APOSTE NO BOTAFOGO-PB COMO O TIME DO CORAÇÃO!


TIMEMANIA - Marque o Botafogo-PB como seu time do coração!!!